fbpx

Se você é como eu, às vezes se pergunta por que liderar um pequeno grupo. Afinal, é fácil pensar em razões pelas quais eu não deveria liderar meu pequeno grupo. Para ser justo, muitos deles são válidos:

  1. Liderar um pequeno grupo não é visto por ninguém além das pessoas do seu pequeno grupo. Isso o torna um ministério bastante ingrato. Não há muitos elogios ou comemorações para que você saiba que está fazendo um bom trabalho.
  2. Nem sempre é um trabalho fácil. Às vezes, liderar o seu pequeno grupo pode parecer que em vez de pastorear ovelhas você está pastoreado um monte de gatos e eles arranham o tempo todo, e isso dói. Se você também é quem hospeda, seu trabalho dobra porque você precisa limpar e arrumar a casa toda semana.
  3. É um trabalho que nunca pára. Não é como se você servisse duas horas e depois passasse o resto da semana tranquilo. No pequeno grupo a escala é 7 dias por semana, 24 horas por dia. Os membros do seu grupo passam por doenças, pressões no trabalho e crises em casa que exigem que você mantenha contato com eles. Eles esperam que você esteja lá para eles – e você quer estar lá para eles – mas o trabalho pode parecer interminável.
  4. Demanda tempo longe da família. Sua família é o seu pequeno grupo mais importante e seu tempo com eles é limitado, especialmente com seus filhos. O tempo é uma coisa que você não pode voltar. Assim, a tensão aumenta entre servir a sua família e servir o seu grupo.

Você provavelmente pode pensar em mais razões pelas quais devemos considerar renunciar à liderança de nossos pequenos grupos, mas quero desafiá-lo a pensar nas bênçãos que advêm da liderança de um pequeno grupo.

  1. Embora poucas pessoas notem, temos a oportunidade de desenvolver outras pessoas em seu crescimento espiritual com Jesus. Descobri que sou capaz de desafiar os membros do meu grupo através dos estudos e nas orações por eles. Além disso, eu invisto na vida do meu líder em treinamento. É uma bênção saber que estou incentivando os outros a crescer. Ser um seguidor de Cristo que está reproduzindo outros seguidores de Cristo é exatamente o que Jesus nos chama a fazer ( Mateus 28:19 ).
  2. Crescemos em nossas habilidades de liderança e amor. Liderar um grupo me ajuda a crescer e me mantém em constante estado de desenvolvimento nessas duas áreas. Não posso ser complacente em liderar meu PG sem preparação. À medida que aperfeiçoo minhas habilidades de liderança e pastoreio, meu crescimento não apenas afeta meu pequeno grupo, mas também minha família, meu local de trabalho, meus colegas da faculdade…  porque me leva a ser uma pessoa melhor.
  3. A líderança nos mantém conectados com as Escrituras. O tempo que passo estudando em preparação e orando pelo meu pequeno grupo me mantém nas Escrituras. Isso aumenta o tempo que estudo a Palavra de Deus e me dá um motivo semanal para me aprofundar nas escrituras. A responsabilidade de um PG me impulsiona a vigiar sobre o meu próprio relacionamento com Deus e me ajuda a cuidar ainda mais da minha saúde espiritual em meio às dificuldades ou mesmo no comodismo que a rotina nos traz. 
  4. Oferecemos aos membros do grupo a oportunidade de experimentar a igreja de atos 2. Assistir a um culto não garante que alguém se conecte a outras pessoas. De fato, muitas pessoas assistem aos cultos sem perceber que há mais em seu relacionamento com Jesus. Eles sentem falta da bênção de viver em comunidade. Fico muito feliz quando vejo membros de um PG se apropriarem do pequeno grupo, o chamando de “meu”, e dizendo que sentem falta quando não podem comparecer.
  5. Ele modela um valor importante para nossos filhos. Meu compromisso de liderar um grupo ensina-lhes que está em comunhão profunda com meus irmãos em Cristo é importante para o crescimento espiritual. Nossos filhos serão mais envolvidos na obra. Eles experimentarão crescimento espiritual como resultado de seu envolvimento com outras pessoas. 

Nunca esqueça a bênção que você será para os outros e a bênção que você receberá ao dar esse passo de fé todos os dias. Embora poucos possam ver seu trabalho duro, o reino de Deus se beneficia de forma grandiosa e o Senhor nunca deixa de notar e de se alegrar com suas atitudes de amor e cuidado na obra Dele.